segunda-feira, julho 24, 2006

É, eu sei: não são horas cristãs para se estar acordado, a menos que se trabalhe no turno da noite, que não é o meu caso, pois, amanhã - hoje - "pico o ponto" às nove horas e o relógio não se compadece do muito ou pouco sono que hei-de sentir quando acordar - disso não tenho a menor dúvida!!
Dói-me tudo... sobretudo o corpo. Uma tarde e uma noite inteiras no computador, toda torta - não há yoga ou aulas de expressão dramática que me levem a bom porto no que toca a costas direitas-, às voltas com as palavras, a tentar que estas floresçam em terrenos sobejamente áridos - relatórios - é dose que não quero repetir tão cedo e que me faz suspirar pelas férias. Cadê elas? perguntaria a minha amiga D., em quem o Português de Portugal começa a ganhar pontos ao do Brasil.
Bem, vou fazer a vontade ao corpo e arrastá-lo até "Vale de Lençóis". Boa noite - ou posso dizer já "Bom Dia"? - e boa semana!

9 comentários:

  1. Uma boa semana tb para ti.
    Continua.
    Reparei que já adquiriste novas técnicas p'rá embelezar o teu blog...

    ResponderEliminar
  2. Como te percebo...
    Às vezes também me acontecem coisas do género.
    Mas o pior foi quando andei um ano inteirinho a fazer montanhas de trabalho de casa, porque não dava tempo durante as horas ditas normais.
    Estou numa fase em que normalmente me recuso a fazer em casa o que quer que seja para a empresa. Mas nem sempre consigo...
    Aconselho-te, por isso, a endireitares as costas e não fazeres mais isso se a tendência for para a rotina. Casos esporádicos, talvez...
    Beijinho e as melhoras para as tuas costas.

    ResponderEliminar
  3. Também passei a noite a escrever, até as 5 horas da manha :)

    espero que as costas melhorem logo!

    e digo: boa tarde e perdoe a invasao!!

    beijokas

    ResponderEliminar
  4. 3 horas da manhã?

    opá. perfeitamente normal! :P

    ResponderEliminar
  5. :)

    dorme bem, deep!
    Um son(h)o very deep....

    ResponderEliminar
  6. Aidil, tenho tentado... Referes-te à música? Nunca tenho a certeza se se ouve fora do meu computador.

    José Manuel, sê benvindo. Obrigada.

    Nilson, infelizmente, trabalho para casa é coisa que nunca me falta durante quase todo o ano. Obrigada pelos desejos de melhoras.

    Elite, não tens que sentir a tua vinda aqui uma invasão. Volta sempre! Obrigada pelos votos de melhoras.

    Pedro, sê benvindo.

    Tsiwari, bom dia!

    Astor, em mim o mais normal é deitar-me tarde -ou cedo?-, embora na verdade não devesse fazê-lo.

    Xana, dormi bem, mas pouco tempo.

    Beijinhos para todos vós e votos de bom resto de semana.

    ResponderEliminar