quarta-feira, fevereiro 21, 2018

Quantas pessoas te amaram?

«Quantas pessoas te amaram? Quantas amaste? O afecto é a melhor forma de saberes o tamanho da tua vida. Ou seja, do até onde exististe. Haverá outro balanço para saberes se ela valeu a pena?»

Vergílio Ferreira, Pensar, texto 470

9 comentários:

Laura Ferreira disse...

gosto tanto desse livro.

CCF disse...

Contudo, não sei se é possível medir "em quantidade". Acho que não...
~CC~

Mar Arável disse...

Excelente o nosso Virgílio

deep disse...

Gosto muito de Vergílio Ferreira, Laura. :)

Graça Pires disse...

Também tenho este livro do Vergílio. Faz-me bem pegar nele e ir reflectindo sobre o que ele escreveu.
Uma boa semana.
Um beijo.

deep disse...

Não é, não CC.

Sempre, Mar Arável.

Há livros que adoptamos, Graça.

Um bom resto de semana para todos. :)

Bjs

Luis disse...

Concordo, excepto na questão do quantas.

Nem trocando por quanto, que há coisas que é absurdo quantificar.

Veio-me à cabeça que um que um dia em que não se ama, é um dia perdido.
Um dia perdido para a morte.

Deve ser um lugar comum, um ditado ou alguém que escreveu, não sei bem. E com isso concordo.

Luis disse...

Fui espreitar os comentários, e o CCF já tinha dito o mesmo :)

deep disse...

Luís, concordo contigo e com a CC... não há como quantificar o amor. Ou se ama ou não se ama. É como aquela questão dos amigos verdadeiros ou falsos. É amigo ou não é amigo... ponto! :)