sábado, junho 20, 2009

em "stand by"

Quando os dias se resumem a trabalho é como se a vida entrasse em modo "pause". A semana que agora termina teve dias absurdos de 10 ou 11 horas de trabalho contínuo. Sinto-me suficientemente anestesiada para não sentir nada mais. Só o peso de uma rotina que não me tem oferecido tempo para mim ou para dedicar aos outros.
Em "stand by" têm estado as conversas e os cafés demorados numa esplanada, as leituras e outros prazeres que fazem com que a vida mereça ser vivida.
Não há nada de novo nos meus dias que possa ser partilhado. Por isso este blogue anda tão pobre e abandonado; por isso, não tenho feito telefonemas, nem enviado mensagens de e-mail. Talvez por tudo isto tenho sentido que me perco de algumas pessoas.

"Numb" - Portishead

3 comentários:

Anónimo disse...

Como sempre, consegues colocar em palavras o que me vai na alma.
Como eu te entendo.
Beijos
Sapinho

ana maria disse...

Igual foi a semana que passou; igual me parece vir a ser a que começa...
Coragem!

deep disse...

Sapinho, essa nossa empatia tem mais de vinte anos...

ana maria, também esta minha semana está a ser tão ou mais intensa que a anterior. Nunca mais são férias! :(

Um abraço para cada uma!