sexta-feira, maio 23, 2008

Votos de bom, óptimo, fim-de-semana

traduzidos numa imagem e em palavras:
(Foto tirada por mim, no sábado passado)
as coisas mais simples são as que voam: um pássaro desaparecendo no ar azul , a dança de uma borboleta num junquilho molhado , um réptil procurando respirar no cerco de uma mão indolente o pulso de um coração na levada do vento, escrevendo-se no horizonte as coisas simples: são as que voam, as que crescem nas sombras abertas das árvores, são o piar voado dos pássaros, a fuga repentina dos gatos, são a nossa sede e o nosso rosto aceso; são um grito alado como uma lança dando semente à terra as coisas simples são as molas e os estendais a mulher debruçada sobre a corda contando os anéis pelos dedos do que ainda falta fazer do fogo do fogão que falta subir de uma mesa posta cansada sem resposta as coisas mais simples diz ela: é o sol, mas mal o olha, é o céu, e é um pecado procurar nele estrelas primordiais, é o mar distante, as areias infindas tudo o que é simples, ela sabe nomear não sabe observar, porque isso é da conta de outros dias e ela vive a perguntar
José Ribeiro Marto

2 comentários:

elsa disse...

Costumo visitar esta 'casa', mas nunca tinha comentado...agora faço-o para dizer que deixe sempre a porta aberta, porque aqui reencontramos muitas vezes o caminho para a reflexão do que é mesmo importante na vida...as coisas simples, mais do que a sofisticação(dos objectos, gestos até às pessoas), a simplicidade...é nela que está a essência...

TsiWari disse...

Bela libélula... e, sabes, adoro o nome dito em Inglês : dragonfly!

Boa semana para ti tb. ***