sexta-feira, outubro 13, 2017

O contrário de qualquer coisa


Queriam-me casado, fútil, quotidiano e tributável? 
Queriam-me o contrário disto, o contrário de qualquer coisa? 
Se eu fosse outra pessoa, fazia-lhes, a todos, a vontade. 
Assim, como sou, tenham paciência!



F. Pessoa - A. Campos, "Lisbon Revisited" (excerto)

Sem comentários: