segunda-feira, março 06, 2017

Para os amigos

De entre todos, apenas vós 
tendes direito a ver-me
fracassar. Onde caio 
entre a vossa irónica
doçura implacável, convosco
partilho o pão e o espaço
e a rapidez dos olhos
sobre o que fica (sempre)
para dar ou dizer.
E de vós me levanto
e vos levo pesando
e ardendo até onde
me ajudais a ser
melhor ou talvez
menos só.

Vítor Matos e Sá, Companhia Violenta

4 comentários:

Laura Ferreira disse...

lindo...

boa semana, Deep

deep disse...

Obrigada, Laura. :)

Boa semana.

Elsa A. disse...

apetecendo poesia e tendo preguiça de a procurar ....basta vir ao letras são papéis para a encontrar! ;) Boa semana, Luísa!

deep disse...

No blogue suplente, cujo link se encontra na lateral, encontras sobretudo poesia. Fico contente que assim seja e de ter rever por cá!

Boa semana, Elsa. Beijos