segunda-feira, maio 16, 2016

Flores (de papel)


Afonso Cruz, Flores

Quem não espera?


2 comentários:

nêspera disse...

Está na mesa de cabeceira :)

Laura Ferreira disse...

gosto tanto deste senhor...