terça-feira, abril 12, 2016

Não é só a preto e branco

«Transcorrido um certo tempo, nada se pode «pôr em ordem» entre duas pessoas; compreendi essa verdade sem esperança naquele instante, quando nos sentámos, ali, no banco de pedra. O homem vive, e corrige, ajusta, edifica, e destrói, algumas vezes, a sua vida; mas, passado tempo, dá-se conta de que o todo, tal como está, por força dos erros e do acaso, é imodificável. (...) Quando alguém emerge do passado para anunciar, em voz comovida, que quer pôr «tudo» em ordem, só podemos lamentar e sorrir das suas intenções; o tempo já «pôs tudo em ordem», à sua estranha maneira, da única maneira possível.»

Sándor Márai, A Herança de Eszter

Felizmente, a vida não é só a preto e branco... digo eu!


(Ando uma desnaturada, é certo. Hei-de voltar com outro ânimo para leituras e comentários.)

3 comentários:

Isabel Pires disse...

Que verdade!
Andas sem natura, deep?

Isabel disse...

Não te conheço bem, mas também me parece que andas muito "a preto e branco". São fases! Que passe depressa!
Beijinhos:)

deep disse...

Isabel Pires, se "natura" for sinónimo de "ânimo", diria que sim. :)

Isabel, talvez seja sobretudo uma questão de cinzento. Há-de passar. Obrigada.:)
Beijinhos