segunda-feira, fevereiro 08, 2016

Devaneios


Sabes, estou cansada dos dias cinzentos. Cansada de rotinas e de prioridades que me sugam toda a energia e que, na verdade, não conduzem a lado algum. (De súbito, ocorre-me "Road to nowwhere" dos Talking Heads e o tempo em que o vídeo passava repetidamente na televisão. Lembro-me também de um conto de Sophia, que termina com uma personagem a chegar a uma estrada que não conduz a lado algum.) Sugam-me a energia, a criatividade, a disponibilidade para os outros.
O frio teima em ficar, em povoar as minhas horas. Não há aquecimento que consiga fazer milagres.
Talvez um abraço. Talvez a ternura. Talvez os teus olhos pousados nos meus conseguissem trazer-me um pouco de sol.
Talvez...

3 comentários:

ana disse...

todos sofremos de distâncias, de alguém, de nós :)

beijinho Deep :)

No Meu Quarto Andar Sem Cave disse...

Deixo então um abraço pode ser que afugente o frio :)

deep disse...

É certo, ana, e, por mais que o tempo passe e as ausências se repitam, não nos habituamos. :)

Beijinho

Obrigada, no meu quarto, pelo abraço. :) Outro!