domingo, junho 15, 2014

Uma questão de qualidade?

[...]


Lembras-te dos nossos sonhos? Então
precisávamos (lembras-te?) de uma grande razão. 
Agora uma pequena razão chegaria, 
um ponto fixo, uma esperança, uma medida.

Manuel António Pina (excerto de poema)


Com o tempo, talvez a quantidade conte cada vez menos...

Bom domingo para quem passa. (Mais tarde, se os afazeres mo permitirem, regresso para responder aos vossos comentários.)

Sem comentários: