terça-feira, fevereiro 19, 2013

Este país (também) não é para doentes

Até ficar doente, nos tempos que correm, é diferente. Antes, quando adoecias e, por força da doença, tinhas de faltar ao trabalho, ficavas de cama, se fosse preciso o dia inteiro, sem pesos de consciência.
Hoje, quando ficas doente e não tens outro remédio senão ficar em casa, pesa-te o trabalho que não consegues fazer em casa, aquele que fica por fazer no teu local de trabalho e pesa-te ainda - e chega a ofender-te - que te descontem um dia de ordenado, quando o estado em que te encontras não depende da tua vontade.

4 comentários:

© Piedade Araújo Sol disse...

e se ficares com baixa médica, ainda é pior....

:(

Anónimo disse...

É uma tristeza esta regressão a olhos vistos e a tantos níveis que vivemos nos tempos que correm. Recordando o título de um livro de Charles Dickens: «Hard Times». Definitely! :(

Mar Arável disse...

Um dia morreremos

saudáveis

Isabel Preto disse...

Sim...cada vez, temos menos incentivos para ser aquilo que tanto gostávamos de fazer!