sexta-feira, outubro 08, 2010

Há...

...cartas que nunca mais chegam,
as que não chegarão nunca.

O nosso destino suspenso
das notícias de longe.

Para alguém temos de ser
a luz e o lume,
o fogo e a água.


João Camilo

1 comentário:

R. disse...

Belíssima missiva... Quem sabe, chegará a muitos destinos incógnitos e longínquos.