sexta-feira, janeiro 29, 2010

wild is the wind

Uma das muitas versões...

3 comentários:

tsiwari disse...

Ficou-se-me entranhada a da Nina Simone... garra pura!


E aprecio a(s versões da) Cat Power, sim.


:)***

Cavaleiro Andante disse...

Mesmo não sendo hora de café matinal, até ingeri cafeína fora-de-horas para matar saudades... :)

deep disse...

tsiwari, também continuo a preferir a versão da Nina. :)***

Cavaleiro, não fosse o medo de ter insónias, tomava um café a qualquer hora! :)