sábado, junho 24, 2006

festas

Preparada para usufruir do fresquinho que a noite trouxe de presente, instalei-me na varanda do escritório - hoje renovada pela acção da vassoura e da esfregona. Subitamente, os habituais sons da natureza viram-se escorraçados pela voz dos D'ZRT, aos quais se seguirão, durante uma semana, outros nomes sonantes da dita música "pimba", com excepção para os "Hands on Approach".
A Associação Comercial decidiu "dar-nos música", espalhando colunas por vários locais do burgo.
A feira e os eventos culturais que dela decorrem não me prendem - se bem que gosto sempre de passar pelo artesanato -, pois as novidades de uns anos para os outros costumam ser poucas.
O que eu aprecio mesmo é o movimento que se gera nas ruas, as conversas demoradas nas esplanadas e, no último dia, o fogo de artifício, que costuma durar uma meia-hora e que posso ver, extasiada, da minha varanda.

Sem comentários: