sábado, abril 15, 2017

Renova-te


Cântico XIII
Renova-te.
Renasce em ti mesmo.
Multiplica os teus olhos, para verem mais.
Multiplica os teus braços para semeares tudo.
Destrói os olhos que tiverem visto.
Cria outros, para as visões novas.
Destrói os braços que tiverem semeado,
Para se esquecerem de colher.
Sê sempre o mesmo.
Sempre outro. Mas sempre alto.
Sempre longe.
E dentro de tudo.
Cecília Meireles
Com votos de Páscoa Feliz, para quem a vive e de dias felizes para todos.

5 comentários:

nêspera disse...

“Vivo para florescer outros jardins e, sem perceber, o meu se abarrota de rosas e manacás... Vivo, cada dia, como se fosse cada dia. Nem o último nem o primeiro - O Único..."
Pablo Neruda

Feliz sábado e dias seguintes :)

deep disse...

Muito bonitas as palavras do Neruda. Obrigada, nêspera.

Muitos dias felizes- :)

Graça Pires disse...

"Sê sempre o mesmo.
Sempre outro. Mas sempre alto.
Sempre longe.
E dentro de tudo."
Grande Cecília Meireles!
Uma boa semana.
Um beijo.

luisa disse...

Feliz Páscoa, já que continuamos em tempo pascal. :)

Manuel Veiga disse...

poema muito belo.

Cecília Meireles - uma referência.

beijo