terça-feira, janeiro 31, 2017

Cadernos



Não colecciono apenas cacos e marcadores de livros, também tenho um certo fascínio por cadernos, por isso, de vez em quando, lá vem mais um ter comigo. Os dois representados nas fotos, de má qualidade (as fotos, não os cadernos!), são as últimas ofertas. Um bem haja a quem mos ofereceu!
O primeiro, adquirido no Louvre Michaelense, exibe, na capa, um desenho da minha irmã, através do qual se publicita uma das especialidades da casa, "O segredo", um bolo de chocolate. O segundo, que, na verdade, é o primeiro, porque está comigo há mais tempo, começa hoje a fazer-me companhia assídua, no registo dos meus "devaneios". Espero poder enchê-lo de sabedoria!

7 comentários:

Isabel Pires disse...

deep, também uso muito, mas não faço colecção. Uso-os mais para tomar notas, rascunhos quando ando de um lado para o outro.
Boa semana!

luisa disse...

Também tenho um fraco por cadernos. :)

deep disse...

Isabel, dizer que os colecciono talvez seja demais, acumulo-os escritos ou escrevinhados(não consigo sair sem um caderno e uma esferográfica), de vários tamanhos.
Boa semana. :)

luisa, sempre tive. :)

Laura Ferreira disse...

eu tenho um grande fraco por eles e por lápis :)

deep disse...

Também gosto bastante de lápis, Laura. :)

CCF disse...

Também adoro cadernos, lápis e canetas. Tenho um problema adicional: só gosto de cadernos lisos e cada vez é mais difícil encontrá-los.
Beijinhos
~CC~

deep disse...

CC, a minha preferência também vai para os lisos. A página em branco exerce outro fascínio sobre quem escreve.
Beijinhos