domingo, outubro 09, 2016

Qualidade de vida

Perguntava-me ontem um amigo que encontrei, por acaso, no café e com quem fiquei a conversar algum tempo «Se, a esta altura, ocupas os fins de semana com trabalho, como fazes quando o trabalho aumenta inevitavelmente? Não dormes?» e acrescentava «Temos de guardar os fins de semana para nós, é um direito nosso. Isso é qualidade de vida.»
Dei-lhe razão. 
Qualidade de vida é saber dar importância às coisas pequenas, aos gestos aparentemente pequenos daqueles que nos rodeiam, como o facto de haver amigos que nos convidam para almoçar e que à nossa recusa respondem com uma caixinha de comida ainda quente. A lasanha de peixe e legumes que foi o meu almoço está óptima!

9 comentários:

ana disse...

tens toda razão. e o fim de semana é tão pouco...

deep disse...

Está no fim... e cumpri pouco o que prometi a mim própria, ana. Passei a noite de ontem e quase todo o dia de hoje a trabalhar. Apesar disso, ficaram imensas coisas por fazer.

Boa semana. Beijo

Isabel Pires disse...

deep, olha que os teus amigos têm razão.
É um lugar comum, mas vale: nós somos as pessoas mais importantes da nossa vida e se não pudermos estar bem para nós, não conseguiremos estar bem para os outros.
Cuida-te!
Beijo e boa semana :)

deep disse...

Tenho-me esforçado, Isabel, por me dar alguma prioridade!

Boa semana. :) Beijo

Eros disse...

A constatação do amigo é uma lapalissada, todavia, tenho para mim que a qualidade de Vida depende do ponto de equilíbrio supra-pessoal de cada um. E há gente que encontra esse ponto com fins-de-semana de trabalho. O que é maldito para mim, pode perfeitamente ser bendito para outro :)

Graça Pires disse...

As coisas mais simples são tão importantes. Há que dar-lhes espaço e tempo...
Uma boa semana.
Beijos.

deep disse...

É certo, Eros, que a observação do meu amigo é um lugar comum e acrescenta pouco àquilo que eu já sei,mas talvez, por vezes, tenham de nos recordar aquilo que já sabemos. Falávamos de mim e de como eu aproveito mal o tempo... mas isso eu não tinha referido aqui! :)

Sem dúvida, Graça Pires.
Obrigada. Uma boa semana também para si. Beijos

Lídia Borges disse...


O trabalho!... É preciso ter cuidado com ele. Cria dependência. Impossibilita-nos.


Um beijo

Lídia

deep disse...

Com o tempo,parece ser cada vez mais, Lídia. :)

Beijo