sexta-feira, agosto 26, 2016

Aves de Incêndio

A Raquel Serejo Martins, de quem já tive a honra de apresentar Pretérito Perfeito, tem um novo livro, desta vez de poesia. A autora e a editora, Virgínia do Carmo, da Poética Edições, dirigiram-me um convite que muito me honra: apresentar Aves de Incêndio em Trás-os-Montes. A apresentação terá lugar amanhã, na Biblioteca Municipal de Alfândega da Fé, e integra o "VI Encontro de Escritores Transmontanos". 
Se estiverem por perto, não deixem de aparecer!

Deixo-vos o programa e o primeiro de muitos poemas.


1. Poema Verde

Não me peças para amadurecer
que não sou peça de fruta, 
sou peça de outra engrenagem, 
e a vida não é árvore nem fruteira. 
Depois ninguém sabe o que é a vida, 
a vida vai-se fazendo, 
ou vai-se sem mais, 
sem chegar a ser inteira. 
E eu quero continuar verde 
como o mar, 
verde como um poema de Lorca, 
verde como o verde dos meus olhos, 
verde apesar do comprimento dos dias, verde 
às vezes de raiva, que com duas patas 
também se pode ser cão, verde 
por saber o que é a tristeza 
e a inutilidade da alegria ao ponto de cortar os pulsos, 
mesmo quando temos vários corações a bater fora do  
                                                                          [corpo.

Raquel Serejo Martins, Aves de Incêndio, Poética Edições


4 comentários:

CCF disse...

Belíssimo encontro, que pena já não andar pelo Norte (este ano fui ao Altitudes em Montemuro...). Fica em agenda para um ano destes. E também gostei muito do poema.
~CC~

deep disse...

CC, é uma pena que não esteja por perto. Seria um prazer revê-la.

Há uns anos que planeio ir ao Altitudes, mas não tem calhado. :)

Um abraço.

Isabel disse...

Li o primeiro romance da Raquel Serejo Martins e gostei. Soube que saiu mais um e agora então este livro de poesia.

Gostei do poema que publicaste.
Espero que a apresentação tenha corrido bem (correu de certeza!).

Beijinhos e continuação de boa semana:)

deep disse...

Olá,Isabel. Penso que correu muito bem, a avaliar pelos vários elogios que recebi. :) Obrigada.

Eu li os dois romances (apresentei o segundo) e agora este livro de poesia. Gosto muito da Raquel e das coisas que escreve.

Beijinhos e continuação de boa semana também para ti.