domingo, maio 01, 2016

Feliz dia, mães!


(Um desenho surripiado à mana)


[...]
E as mães
(...)
Sentam-se, e estão ali num silêncio demorado e apressado,
vendo tudo,e queimando as imagens, alimentando as imagens,
enquanto o amor é cada vez mais forte.
E bate-lhes nas caras, o amor leve.
O amor feroz.
E as mães são cada vez mais belas.
Pensam os filhos que elas levitam.
Flores violentas batem nas suas pálpebras.
Elas respiram ao alto e em baixo.
São silenciosas.
E a sua cara está no meio das gotas particulares
da chuva,em volta das candeias.
No contínuo escorrer dos filhos.
[...]
Herberto Helder 

7 comentários:

Isabel Pires disse...

Sim, o amor de mãe é cada vez mais forte.
Cada dia se gosta mais dos filhos e isso não tem nada que ver com a idade.
Beijos, deep!

pcristinasantos disse...

Tão bonitos, ambos!

Laura Ferreira disse...

lindo!!

heretico disse...

excelente escolha

abraço

deep disse...

Obrigada a todas, pelas palavras e pela companhia.:)

Beijos

Isabel disse...

Bonito!

deep disse...

Obrigada, Isabel!