terça-feira, março 08, 2016

Pequenos prazeres


Pequenos prazeres, que estão a tornar-se viciantes: a chama da salamandra (na falta de lareira), chá preto, com um leve toque de jasmim, e panquecas de aveia - esta foi feita apenas com aveia triturada, o sumo de meia laranja e uma clara de ovo e, depois de cozinhada, guarnecida com queijo fresco e canela. Hummm...

10 comentários:

Mar Arável disse...

Caminhos insondáveis

Isabel Pires disse...

deep, fazer crescer água na boca é coisa de amiga, é?
;)
Bom proveito!
Beijo

Isabel Pires disse...

Ah, e agora reparei que ali ao lado colaste um post-it com a explicação do nome... Sobre o álbum já tinha dado por isso. :)

deep disse...

Nem tanto, Mar Arável. :) Os sentidos, no seu todo, chegam lá.

Isabel, de amiga, seria fazer mais para partilhar. :)
Obrigada. Beijo

Sim, senti que tinha de desfazer a má impressão que algumas pessoas têm de mim - «Olha esta com a mania que é profunda!» :)

Menina Marota disse...

Acho que vou "copiar" a receita para o meu lanche. Obrigada.

deep disse...

Faz muito bem, Menina Marota! De nada. :) Fico contente por ter "inspirado" alguém.

ana disse...

que bom..... bom apetite!!!

deep disse...

Obrigada, ana. :)

Isabel disse...

Um chazinho à noite, junto da lareira, também é um ritual muito frequente, por aqui, no tempo frio. Mas eu costumo comer umas bolachinhas...
O pior são os quilinhos (muitos) que se vão acumulando...
Enfim...

Bons serões, ao quentinho:)

deep disse...

À noite, também acompanho muitas vezes o chá com bolachas(Maria, só), embora não deva! Infelizmente, quilinhos é coisa que não falta por cá. :)