terça-feira, janeiro 26, 2016

Mulher

Metade mulher metade pássaro
Metade anémona metade névoa
Metade água metade mágoa
Metade silêncio metade búzio
Metade manhã metade fogo
Metade jade metade tarde
Metade mulher metade sonho
Jorge Sousa Braga

4 comentários:

Isabel Pires disse...

Interessante: não me lembrava de ter lido algo deste poeta. E reparo que também é ilustrador.
Obrigada pela partilha, deep!

deep disse...

... e obstetra, Isabel.:)

Um dos meus preferidos dele é este:

Gerês

Quando me levantei
já as minhas sandálias andavam
a passear lá fora na relva

Esta noite
até os atacadores dos sapatos
floriram

Aliás, já publiquei vários por aqui.
De nada! :)

Beijo

Laura Ferreira disse...

gosto tanto!

deep disse...

Também, Laura. :)