terça-feira, novembro 24, 2015

Memórias de outros tempos


A minha mãe costuma contar que, na sua infância, as crianças pobres, que na aldeia eram quase todas, andavam descalças, quando estava bom tempo, ou de socas, nos dias frios, e que costumavam, à vez, levar brasas num balde de lata (ou num pequeno caldeiro), para aquecer a escola.
Foi inspirada nesses relatos que a minha irmã fez o desenho que surripiei do caderno dela.

5 comentários:

© Piedade Araújo Sol disse...

uma mana com enorme talento....

parabéns

boa semana.

beijinho

:)

pcristinasantos disse...

A tua irmã tem um jeito incrível!
Beijinhos.

Isabel disse...

Mas que manas talentosas! Quem me dera desenhara assim!

Isabel Pires disse...

Também me lembro disso.
Parabéns às manas!
Beijo, deep.

deep disse...

Isabel e Isabel Pires, muito obrigada. :) O talento é só da mana.

Beijos