quarta-feira, junho 24, 2015

Todo o cais é uma saudade de pedra

... escreveu o poeta Pessoa ("Ode Marítima").

Porto, estação de S. Bento

6 comentários:

Mar Arável disse...

Na verdade

Isabel disse...

Nunca fui à "inbicta" :)
Mas tenho pena :(

deep disse...

Mar Arável, por norma. :)

Isabel, se quiseres companhia para conheceres a cidade, conta comigo. Vais gostar da "Inbicta", tem os seus encantos. :)

pcristinasantos disse...

Uma saudade que se adentra. Tão viva, quanto fugaz. ;)
Bela fotografia!

deep disse...

Paula, tenho saudade do tempo em que fazia as viagens nesta linha. Qualquer cais de partida é sinónimo de saudade - antecipada, por quem parte, ou relembrada, pelo que se viveu!
Obrigada. :)

Bj

Carmem Grinheiro disse...

A saudade é pedra que não consegue-se lapidar, de tão dura.

bj amg