quinta-feira, setembro 18, 2014

Em quem pensar

Em quem pensar, agora, senão em ti? Tu, que
me esvaziaste de coisas incertas, e trouxeste a
manhã da minha noite. (...)

Nuno Júdice, "Pedro lembrando Inês"

7 comentários:

Armando Sena disse...

Nem toda a Incerteza se transforma em Colheita mas todo o amanhã é uma vida.
bj

Mar Arável disse...

... assim...

sequestrado no paraíso

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Que belo excerto...

Anónimo disse...

Adoro Nuno Júdice.
É o único que com pouco, diz tanto...

Nilson Barcelli disse...

Gosto do estilo literário do Nuno Júdice.
Tem um bom fim de semana, querida amiga.
Beijo.

Lídia Borges disse...



Muito belo, sem dúvida!

Nuno Júdice é um poeta que leio sempre com prazer.

Beijinho

Lídia

deep disse...

Obrigada a todos pelas palavras e pela companhia.
Beijos, abraços e votos de bom domingo. :)