terça-feira, março 18, 2014

Muitas vezes...

Não sinto falta de grandes timbres orquestrais.
O entardecer me basta.

Carlos Drummond de Andrade

Sem comentários: