segunda-feira, abril 29, 2013

Fechaduras transmontanas




Tenho particular fascínio por fechaduras - já o referi aqui -, por isso, sempre que se proporciona, aponto a máquina para as portas antigas que vou encontrando. Escolho, sobretudo, portas de espaços desabitados, por serem as mais bonitas e porque são aquelas que ameaçam durar menos. 
Por norma, para os donos, as portas, como os espaços, assumem pouco valor. Para eles, tudo não passa de coisas velhas que é preciso, havendo recursos, substituir por algo novo, com mais brilho, mas seguramente menos bonito e menos genuíno. Fotografar não deixa, deste modo, de ser uma maneira de preservar a memória de uma região ou de um lugar.

2 comentários:

Armando Sena disse...

Partilho o fascínio.
Trás-os-Montes é uma fonte insgotável de coisas belas.
Cpts.

deep disse...

Ainda que algumas sejam muito parecidas, não deixo nunca de as fotografar. :)

Bom feriado.