sábado, março 16, 2013

Às vezes...


(Rio Sabor)

«Às vezes estou tão à toa que não passo de um rio à procura de um lugar para desaguar. Para desaguar a tristeza, a melancolia e a solidão, que meto dentro de uma garrafa, fecho cuidadosamente, atiro para longe e espero que vagueie à deriva em alto mar, sem nunca chegar à palma de uma mão (...).»

Raquel Serejo Martins, A Solidão dos Inconstantes

Sem comentários: