sábado, dezembro 01, 2012

Quem não se sente...

Depois de 15 minutos de Telejornal, é impossível não ficarmos tristes com as notícias de desemprego, de crianças com fome, da supressão de serviços em diversos locais e enraivecidos com o cinismo e o discurso demagógico do primeiro ministro.

2 comentários:

R. disse...

Absolutamente de acordo, deep. De tal modo, que às vezes opto por ler as notícias em lugar de ouvi-las, é para mim um meio emocionalmente mais controlado e controlável. Um esforço de impedir que a raiva ocupe o lugar da lucidez... E precisamos desta última mais do que nunca.

Um abraço.

Nilson Barcelli disse...

Subscrevo as tuas palavras.
Beijo, querida amiga.