domingo, novembro 25, 2012

Convém lembrar


esta e outras formas de violência que atentam contra a integridade física e psicológica das mulheres e que comprometem a sua dignidade e a sua auto-estima.
A agressão física é a forma mais visível e mais grave de violência. Há, contudo, outras formas de agressão que, embora contestadas por muitas mulheres, são ainda mal vistas socialmente, infelizmente pelas próprias mulheres. 
A mulher continua a ser, na maior parte dos casais, a principal responsável pelas tarefas domésticas e pela educação dos filhos. São elas que tratam não só da lida da casa, como são sobretudo elas que se assumem como encarregados de educação dos filhos, que vão à escola ou que faltam ao trabalho quando eles ficam doentes.
Socialmente, a mulher continua  a ser vista por muitos homens como um ser incapaz de levar a cabo certas tarefas e uma presa fácil. Toda a mulher que ouse entrar sozinha numa oficina ou num bar nocturno é olhada como um "elemento estranho" e alguém a quem é fácil seduzir ou enganar.

2 comentários:

© Piedade Araújo Sol disse...

pois convém mesmo e nunca será demais

um post muito muito oportuno

um bom domingo

;)

Magnolia disse...

E é bom encontrar quem não esqueça de lembrar
Porque não pode ser esquecido
Gostei muito