domingo, março 18, 2012

Faço o balanço

do dia que terminou há três horas e ocorre-me valorizar o que é simples e bom:

a prometida chuva que, embora tímida, se fez presente; 

o breve, mas agradável, café, em óptima companhia; 

uma aula de hidroginástica;

o recorte das árvores, ainda nuas, contra o céu de crepúsculo;

os pássaros, em bando, a desenhar harmoniosas danças num céu entre azul e cinzento; 

uma peça de teatro entre o trágico e o cómico, feita por amigos, a que assisti na companhia de outros amigos; 

um chá, também em boa companhia, para pôr termo ao dia.

Sem comentários: