terça-feira, novembro 29, 2011

Nano-contos

1.Fui o teu melhor aluno. Aprendi a contar os dias que faltavam para te ver; aprendi a geometria na íris perfeita dos teus olhos; aprendi a biologia no arrepio da tua pele. Marca o exame. Está na hora de revermos a matéria dada.


2.Tirou férias de si próprio. Durante 15 dias ninguém o reconhecia e ele não se lembrava de ninguém. Quando "regressou", parecia-lhe tudo novo e maravilhoso. Apaixonou-se novamente pela sua mulher e fez grandes amigos pela segunda vez.


3. A Sofia andava pelo mundo, de arco-íris em arco-íris. Dizia que a sua vida ficara demasiado cinzenta. Foi no sétimo, em Bangladesh, que conheceu um pintor atraente. Podia ter dado certo, mas já estava outro arco-íris a nascer no horizonte...


Nano-contos, histórias com menos de 40 palavras

5 comentários:

Lídia disse...

Com poucas palavras aquilo que se pode contar!!!
Gostei.

R. disse...

Ideia e contos fantásticos!

Valentim Coelho disse...

Interessante
:)

CCF disse...

São muito bons!
Abracinho
~CC~

deep disse...

Estes contos são, como todos disseram, interessantes e muito criativos.

Obrigada a todos pelas palavras - sempre simpáticas - e pela presença.

Uma abraço para cada um de vós e votos de bom fim-de-semana. :)