quinta-feira, agosto 11, 2011

Há muito



Há muito que deixei aquela praia
De grandes areais e grandes vagas
Mas sou eu ainda quem na brisa respira
E é por mim que espera cintilando a maré vasa


Sophia de M. B. Andresen


Há muito que estes frascos guardam as conchas e os búzios que apanhei em diferentes praias. Alguns talvez na Póvoa, outros talvez em Matosinhos, parte deles seguramente na praia de Espinho. 
Estes pequenos objectos, mais do que pedaços roubados ao mar, são memórias de bons momentos e de pessoas especiais. Entre essas pessoas conta-se a amiga que hoje celebra mais um aniversário e que alguns de nós tratávamos carinhosamente por "Sapinho". Vinte anos depois, ela continua no meu coração e, ainda que à distância, muito presente nos meus dias. São para ela a imagem das conchas e dos búzios e o poema da Sophia.
Parabéns, amiga!

6 comentários:

N. Barcelli disse...

Uma bela recordação como prenda de anos.
Querida amiga, boas férias.
Beijo.

Anónimo disse...

Estou verdadeiramente emocionada.
Agradecer é pouco para exprimir o que sinto.
Estás no meu coração para sempre.
Xi apertadinho
"sapinho"

Mar Arável disse...

Só boas memórias

ajudam a construir bons amanhãs

deep disse...

Nilson, obrigada e óptimas férias para ti. Beijinhos

"Sapinho", o melhor agradecimento é teres gostado e continuares por cá. Xi gde

Mar Arável, felizmente há boas memórias que ajudam, pelo menos, a esquecer as más. :)

Virgínia do Carmo disse...

Como é bom ter amigos verdadeiros com quem partilhar as conchinhas da vida.

Beijinhos, Luísa, e boas férias!

deep disse...

Sem dúvida, Virgínia. As minhas férias entretanto acabaram. Espero que as tuas tenham corrido bem. Beijinhos