terça-feira, setembro 28, 2010

It never entered my mind



Miles Davis morreu há precisamente dezanove anos. Durante a madrugada do dia em que partiu, a Rádio Nova, do Porto, dedicou-lhe algumas horas (seis, se não erro) de emissão. 

Um ano e alguns meses antes, estivera no Porto para um concerto. Lembro-me que um amigo ganhou, num passatempo da mesma rádio, dois bilhetes para o concerto. Dirigiu um convite a um grupo de pessoas, entre as quais eu própria. Por não ter querido adiantar-me aos restantes, não tive oportunidade de ser uma (feliz) contemplada.


Corrijo: ele esteve em Portugal em 91, no mesmo ano em que morreu.

Sem comentários: