sábado, julho 03, 2010

"Alguém me quer falar...

...e não pode." é a frase que, mais por brincadeira do que por superstição, se pronuncia quando caem objectos das mãos repetidamente num curto período de tempo.

A avaliar pela quantidade de coisas que hoje, aliás ontem, me escorregou das mãos, alguém deve estar numa aflição para falar comigo. Ou talvez tal se deva somente ao facto de eu ter "mãos-de-cebola"...

3 comentários:

eMe-a-eMe disse...

olha que "mãos de cebola" nunca tinha ouvido.

R. disse...

Por aqui também se diz "mãos de aranha". Vá-se lá saber porquê... :)

deep disse...

eMe-a-eMe, talvez seja um regionalismo.

R., penso que por cá não se usa a expressão.

Óptimo fim-de-semana para ambas. :)