segunda-feira, junho 07, 2010

Cores e sabores de (quase) Verão

"Ela tinha brincos de cerejas nas orelhas, trazia-as assim para se mostrar a Baltasar, e por isso foi para ele, sorrindo e oferecendo o cesto (...)."
J. Saramago, Memorial do Convento

9 comentários:

CCF disse...

Pois...adoro cerejas, mas ainda não comi nenhumas com verdadeiro sabor :)
~CC~

Cristina Gomes da Silva disse...

Mas que look tão fresquinho! :-)

R. disse...

Esta fotografia... apetece. Tanto quanto se subentende das palavras. Boa combinação :)

wandolas disse...

De brincos não serviram, mas de sobremesa cairam na perfeição.
Deliciosas:))

Gala disse...

Este blog está tão fresquinho ;)
Que bom voltar.

beijinhos

ana maria disse...

Ai!..........Apetece mesmo trincar!

Ana disse...

Caiam que nem ginjas!!! :))) ;)
Bjs e nada de as abrir!!!

tsiwari disse...

Alguém me deu umas ainda hoje... e, assim como essas, belas... e suculentas!

:)*



Boa foto!

deep disse...

CCF, esta e outras como esta foram apanhadas no domingo de manhã, pela fresquinha e posso afirmar que estão óptimas! :)

Cristina, obrigada! É para fazer frente ao calor... :)

R., obrigada. Ocorreu-me de imediato esta passagem. :)

wandolas, antes na barriga do que nas orelhas, não é? ;)

Gala, ainda bem que voltaste. :)

ana maria, vale bem a pena! :)

ana, as ginjas, que são mais ácidas, começam agora insinuar-se, ainda estão pequenas e verdíssimas.
Por enquanto, ainda não é necessário abri-las... ;)

tsiwari, tive menos sorte do que tu: fui eu própria apanhá-las! A verdade é que um dos prazeres é poder comê-las directamente da árvore, ainda fresquinhas. Estas estão óptimas. :)

Beijos para todos e votos de óptima semana.