sábado, maio 01, 2010

Quem pode impedir a Primavera

Quem pode impedir a Primavera
Se as árvores se vão cobrir de flores
E o homem se sentiu sorrir à Vida?

Quem pode impedir a surda guerra
Que vai nos campos deslocando as pedras
- Mudas comparsas no ritmo das estações -
E da terra inerte ergueu milhares de lanças
Que a tremer avançam, cintilantes, para o limite
Em que a luz aquosa se derrama
Como um mar infinito onde o arado
Abre caminho misterioso à seiva inquieta!

Quem pode impedir a Primavera
Se estamos em Maio e uma ternura
Nos faz abrir a porta aos viandantes
E o amor se abriga em cada um dos nossos gestos.

Quem?...
Se os sonhos maus do Inverno dão lugar à Primavera!


Ruy Cinatti

2 comentários:

tsiwari disse...

Primaverar é um verbo que devia ser obrigatório usar muitas vezes...


:)***

deep disse...

É pena que as obrigações não nos deixem "primaverar" por aí sempre que o dia convida... (Gostei do neologismo!) :)***