sábado, maio 15, 2010

Bom dia!

De palavra em palavra
a noite sobe
aos ramos mais altos

e canta
o êxtase do dia.

Eugénio de Andrade

4 comentários:

Lídia Borges disse...

Sempre me comovo com Eugénio de Andrade... Mesmo quando já conheço as palavras como é o caso, aqui.

Obrigada.

deep disse...

Lídia, é sempre bom voltar aos bons poetas. Não tens de quê. :)

Beijinhos

ana maria disse...

As palavras de Eugénio são de ouro e cristal, mas a imagem ilustradora e acompanhante é digna da companhia!

deep disse...

ana maria, é verdade: "as palavras de Eugénio são de ouro e cristal"!

Obrigada.:)