sexta-feira, fevereiro 19, 2010

Tenho-me dado conta que,

salvo cada vez mais raras e muito honrosas excepções, os encontros com amigos só acontecem porque eu me desloco.

Não há muito para questionar...

12 comentários:

Ana disse...

Ou porque se encontram por acaso na rua...
life is life
bjoca e que os dias te sorriam :)

Antero Neto disse...

Eh, eh, eh... Também já tinha constatado isso. Salvo raras e honrosas excepções...

SS disse...

Deve ser daquelas coisas que se pegam porque sinto o mesmo. Prefiro não pensar.

tsiwari disse...

Moras num lugar longínquo dos teus amigos?

Brinco... sei que a distância de cá-lá é a mesma que de lá-cá...

[este hífen fica bem, no meio destas palavras, traduz a união, a separação,... pronto! Hoje soltei o Mia Couto que tenho algures dentro de mim e pus-me a inventar!]

Bjo e alegria sff

CCF disse...

Adorei a etiqueta :)))
Reciprocidade, precisa-se!
Bjs
~CC~

Virgínia do Carmo disse...

Mas não desistas da amizade...

Beijinho

Astor disse...

eu moro longe de todos os meus amigos. acabo sempre por ser eu a deslocar-me..

mas não desistas. nunca..

Ana disse...

Não pode haver desistência, mas pode fazer-se uma longa pausa... :)
Mas não desistas.

deep disse...

Obrigada a todos pelas palavras simpáticas. Não se preocupem: fico magoada e triste, mas não desisto... pelo menos, não por enquanto. :)

Para todos: votos de boa semana. Bjs

P.S. - Antero, sê bem vindo por cá. :)

Comecei por responder individualmente, mas o texto não ficou gravado. :(

Anónimo disse...

A minha última tentativa de aproximação foi interrompida pelo gelo, literalmente... Escupa! (mea culpa). Espero ser eu a próxima a ir ter contigo... :o(

Bjokis

rubia

deep disse...

Menina, outros dias - de sol, espero - virão. :)

Beijocas

Anónimo disse...

Não posso deixar de enfiar o barrete..
Espero que me compreendas....
Abraço apertado
Elsa