segunda-feira, Fevereiro 08, 2010

quase um poema

(Imagem da Ana: Trás-os-Montes, Dez. de 2009)

Quero falar-te do silêncio
e de como, nas horas de degredo,
amor e ódio se confundem.

Quero contar-te como, nas esperas,
a alma se perde em devaneios,
como as mãos se afundam, esquecidas,
no regaço, sem vida que as eleve.

Quero ouvir-te clamar,
aos quatro ventos e aos deuses todos,
que o amor é só um jogo que eles
inventaram para iludir a solidão.

12 comentários:

Lídia Borges disse...

Maravilhoso este "quase" poema.
Empatia absoluta logo no terceto e depois uma perfeita sintonia entre mim e as palavras.

L.B.

deep disse...

Obrigada, Lídia. Chamei-lhe um "quase" poema, porque estou longe de me considerar uma poetisa. De vez em quandp, muito de vez em quando, dá-me para estes devaneios poéticos. :)

CCF disse...

Absolutam/ bela a imagem...e também bonito o teu poema...sim senhor!
~CC~

Nilson Barcelli disse...

Espero que tenhas muito devaneios destes, porque o teu poema é muito bom. Sem exagerar... eu gostei imenso...
Os últimos versos são FABULOSOS.
Continua... porque a poesia é só um jogo em que o poeta tem sempre os trunfos todos... basta saber jogá-los...
Querida amiga, boa semana.
Um beijo.

ana maria disse...

E este completo poema é belo!

Cavaleiro Andante disse...

Palavras para quê? Há coisas que são "quase" um tiro no pé da vulgaridade... :) Clamarei aos quatro ventos e aos deuses todos que as "letras" são um jogo que alguém inventou para iludir "papéis"... Soberbo!

deep disse...

CCF, obrigada. A foto foi tirada, na aldeia, num fim de tarde, quando regressávamos de mais um dia de azeitona. Nem o cansaço nos impediu de admirar esta luz coada pelos ramos nus dos castanheiros.

Nilson, obrigada. Se o dizes, poeta, só posso sentir-me elogiada e lisongeada. :)

Ana Maria, obrigada. Por vezes, a beleza está também nos olhos de quem vê.

Cavaleiro, obrigada por tamanho elogio. O "Letras" não deixa de ser um "jogo" que me distrai e que me proporciona bons momentos.

Boa semana para todos. Um abraço para cada um. :)

JvT disse...

É lindo!

deep disse...

João, obrigada... também (mais uma vez não é demais) pelo destaque no teu cantinho... que alguém lê!

Astor disse...

:X

Valentim Coelho disse...

é uma imagem muito bonita esta
também gosto muito de árvores

Cristina Gomes da Silva disse...

Muito belo, Deep. Tudo. Abraço de cá