sábado, fevereiro 13, 2010

Dar sangue

Veio do Instituto Português do Sangue o alerta para a doação de sangue durante o fim-de-semana, uma vez que  se prevê que a reserva a nível nacional não dê para mais que dois dias.
Não tendo doenças conhecidas e porque há alguns anos fiz doação, decidi contribuir.
Por não saber bem a que serviço me dirigir, telefonei para a delegação do Instituto no Porto.
Ou o senhor que me atendeu não está devidamente informado, ou o serviço funciona de facto muito mal, pois as informações que me deram são, no mínimo, absurdas: não há locais de colheita em Trás-os-Montes; a doação de sangue faz-se nos locais sinalizados (e muito específicos), de segunda a sexta-feira, em horário útil.

Alguém percebe isto?

Fica também aqui o alerta para aqueles que puderem e possam fazê-lo: dêem sangue! Não custa nada...

1 comentário:

Anónimo disse...

A esta já respondi, mas no mínimo é curioso. Se não têm local de colheita em Trás-os-montes deduz-se que afinal aí, pelo menos, não deve haver falta de sangue...

Bjokis

rubia