quarta-feira, dezembro 09, 2009

Postal de Natal

(Vídeo que resgatei da minha caixa de e-mail.)

É também para minimizar o consumismo que este ano, à semelhança do anterior, optei por confeccionar algumas prendas. Além disso, tenciono, como tem acontecido em anos anteriores, silenciar o máximo possível o telemóvel. Na vida cada vez mais atribulada que levamos, roubamos tanto tempo e atenção às pessoas de quem gostamos, que é um desrespeito passarmos a noite de dedos e olhos colados no telemóvel, sobretudo se as mensagens que lemos e enviamos são tudo menos personalizadas.

3 comentários:

eMe-a-eMe disse...

não conhecia este postal.
está fantástico e diz imenso daquilo em que se transformou esta época.
é pena.

CCF disse...

Completamente de acordo com o que dizes! Infelizmente de presente, feito por mim, só poderia distribuir uns textozinhos...e uns presentes culinários quanto muito.
Abraços para o frio
~CC~

deep disse...

eMe-a-eMe, penso que quase todos esquecemos o verdadeiro espírito do Natal, que hoje é sobretudo uma festa pagã e materialista.

CCF, se ofereceres alguns dos teus textos, ofereces muito! Presentes culinários são sempre uma óptima opção - algumas pessoas vão receber compotas e licores que fiz.

Um abraço para cada uma. :)