segunda-feira, dezembro 07, 2009

Palíndromo

Recebi na minha caixa de email:
"Um palíndromo, como deve saber, é uma palavra ou um número que se lê da mesma maneira nos dois sentidos (...).
Exemplos: OVO, OSSO, RADAR.
O mesmo se aplica às frases, embora a coincidência seja tanto mais difícil de conseguir quanto maior a frase; é o caso do conhecido: SOCORRAM-ME, SUBI NO ONIBUS EM MARROCOS. ANOTARAM A DATA DA MARATONA ASSIM A AIA IA A MISSA A DIVA EM ARGEL ALEGRA-ME A VIDA A DROGA DA GORDA A MALA NADA NA LAMA A TORRE DA DERROTA LUZA ROCELINA, A NAMORADA DO MANUEL, LEU NA MODA DA ROMANA: ANIL É COR AZUL O CÉU SUECO O GALO AMA O LAGO O LOBO AMA O BOLO O ROMANO ACATA AMORES A DAMAS AMADAS E ROMA ATACA O NAMORO RIR, O BREVE VERBO RIR SAIRAM O TIO E OITO MARIAS "
E eu acrescento: AMOR / ROMA A este propósito diz-nos o Ciberdúvidas: "Palíndromo vem do grego "palíndromos" (= que corre outra vez). Terá partido do poeta helénico Sotades (século III a.C.) a ideia de descobrir palavras, frases ou versos que podem ser lidos indiferentemente da direita para a esquerda ou da esquerda para a direita."
Como se percebe, nesta definição não se incluem os números, que conheço apenas como capicua.

Sem comentários: