terça-feira, outubro 13, 2009

Como é por dentro outra pessoa

Como é por dentro outra pessoa, 
Quem é que o saberá sonhar? 
A alma de outrem é outro universo 
Como que não há comunicação possível, 
Com que não há verdadeiro entendimento. 

Nada sabemos da alma 
Senão da nossa; 
As dos outros são olhares, 
São gestos, são palavras, 
Com a suposição de qualquer semelhança 
No fundo. 

Fernando Pessoa

5 comentários:

CCF disse...

É um dos meus preferidos do Pessoa!
Vou bucá-lo de vez em quando, para me lembrar bem de que é mesmo verdadeiro.
Bjs
~CC~

Nilson Barcelli disse...

O poema, dispensa comentários.
Mas o Poeta tem outro poema, que não me lembro qual é, onde se podem vislumbrar algumas contradições com este... vou tentar descobrir...
Beijos.

SS disse...

Belo, como sempre! *

Valentim Coelho disse...

"as vezes penso, queria ser diferente, tornar-me naquilo que não sou...."

ana maria disse...

"Nada sabemos da alma, senão da nossa"
Eu diria que nem da nossa, quanto mais das outras!

Bom fim-de-semana!