quinta-feira, setembro 03, 2009

fábula simples

Era uma vez uma cobra que começou a perseguir um pirilampo. Ele fugia com medo da feroz predadora, mas a cobra não desistia. Um dia, já sem forças, o pirilampo parou e perguntou à cobra: - Posso fazer três perguntas? - Podes. Não costumo abrir esse precedente, mas já que te vou comer, podes perguntar. - Pertenço à tua cadeia alimentar? - Não. - Fiz-te alguma coisa? - Não. - Então por que é que me queres comer? - PORQUE NÃO SUPORTO VER-TE BRILHAR!!! Recebi há dias, por e-mail, esta fábula. Hoje ( por que terá sido?), ocorreu-me postá-la.

4 comentários:

Lídia Borges disse...

A fábula é bem ilucidativa do que uma "invejazinha" disfarçada pode fazer.


Um beijo

ana maria disse...

Muito actual, para muita gente...também para mim! (neste caso, mais como um minúsculo pirilampo cansado da perseguição de algumas venenosas serpentes!)

Bom recomeço!

Valentim Coelho disse...

Coitado do pirilampo!!!!!

Anónimo disse...

Solução?
O pirilampo deixar de brilhar para ñ atrair cobras?
Nã...
Infelizmente cobras existem em todos os tamanhos, feitios e todos os cantos...

Bjis

rubia