segunda-feira, maio 04, 2009

há um ano

(Trás-os-Montes)
era assim...
Agora, duas das muitas torres eólicas que têm nascido como cogumelos na serra impõem-se e sobrepõem-se à beleza da paisagem. Um mal necessário... é verdade. Pena é que nós venhamos a usufruir muito pouco da energia produzida por estes gigantes que só me lembram, vistos de longe, os moinhos de vento que a D. Quixote lembravam exércitos ameaçadores.

4 comentários:

Infame da Vileza disse...

Concordo que são males necessários mas eu dispensava-os da paisagem. Onde termina este caminho?
Bjs

vaandando disse...

Está-se a tornar uma manía aeólica, há tantos outros lugares...
Boas práticas em más lugares!
abraço

______ JRMARTO

ana maria disse...

Estranho... também já comentei que essas "coisas" me recordam os moínhos de D.Quixote! Tivemos a mesma sensação!

tsiwari disse...

Eu até gosto deles.

Claro que disvirtuam a paisagem...