terça-feira, fevereiro 24, 2009

sobre a amizade

Talvez haja uma pitada de Eros no fundo de todas as relações humanas. (...) O Eros da amizade não precisa do corpo... longe disso, incomoda mais do que excita. (...) A amizade, pensava eu, é a relação mais nobre que pode haver entre os seres vivos humanos. É curioso, os animais conhecem-na também. Existe amizade, altruísmo, solidariedade entre os animais. Encontrei centenas de exemplos disso no mundo animal. Entre pessoas vi menos exemplos. (...) As simpatias que vi nascer entre pessoas diante dos meus olhos, acabaram por se afogar nos pântanos do egoísmo e da vaidade. A camaradagem, o companheirismo, às vezes, parecem amizade.
Sándor Márai, As velas ardem até ao fim

5 comentários:

Anónimo disse...

...E cada vez mais haverá menos amizades sinceras entre os humanos.
Preservar as que ficaram durante um longo período da vida, é objectivo a cumprir.
Salvé uma boa amizade ( a nossa )!
Bjinhos.
wandolas

Cristina Gomes da Silva disse...

Muito lúcido, este senhor.

eMe-a-eMe disse...

bonito texto.

vaandando disse...

... li este livro , e foi precisamente na reflexão sobre as relações humanas e nelas a amizade em que mais tempo me detive a ler apreciando tamanha sabedoria !
abraço _____----


____________JRmarto

Infame da Vileza disse...

E fazer perceber à maioria das pessoas a grande diferença que existe entre amizade e companheirismo. Tenho muitos companheiros e camaradas de tudo e mais alguma coisa e poucos amigos mas alguns destes camaradas ficam ofendidos porque acham que somos amigos. E cobram uma amizade que criaram baseados em meia dúzia de experiências em conjunto. A maior parte das quais superficiais.
BJs