sexta-feira, dezembro 12, 2008

segundo eles, tudo...

(Imagem do filme El Rey Pasmado)
"O corpo de Marfisa tinha ficado meio a descoberto: deixava ver a cabeleira, as costas, a fina cintura, o arranque das nádegas. O Rei fitou-a. Com surpresa, com estupefacção.
- Viste coisa mais bela?
- Há muitas coisas belas no mundo.
- Mais do que o corpo de uma mulher?
- Se é o de Marfisa, dificilmente.
- Até ontem à noite, nunca tinha visto uma mulher nua.
- E então?
- O paraíso tem que ser uma coisa semelhante.
O conde torceu o nariz.
- Não creio que os senhores inquisidores aprovassem a ideia.
- Que saberão os senhores inquisidores de mulheres nuas?
- Segundo eles, tudo."
Gonzalo Torrente Ballester, Crónica do Rei Pasmado

1 comentário:

vaandando disse...

e , de repente , a lembrança vai até Filomeno, a mi pesar .... Excelente escritor , este ....

cordialmente___________ _---
JRMarto