domingo, novembro 09, 2008

Mamã?!

(Imagem de rosto do desdobrável do espectáculo)
Porque me faltam as palavras, deixo as da actriz que é protagonista da peça e que, há meses, protagonizou a experiência de ser mãe:
"Ser futura mamã não é tarefa fácil!
Ao contrário do que acontece com grande parte das grávidas, o meu estômago não me fez devolver a comida. No entanto, a minha cabeça fez sair cá para fora algumas ideias que inspiraram esta criação e que foram desenvolvidas colectivamente com todos os criadores do espectáculo.
Quisemos partir das situações vividas por mim e pela maioria das mamãs de todo o mundo, para depois as elevar a um universo cómico e cómico, capaz de transmitir aspectos genuínos da natureza humana.
Com esta peça, queremos fazer a nossa pequena homenagem a todas as mamãs - e papás também, já agora - que têm confiança e força para trazer vida a este planeta (...).
Mamã"
Para terminar, só posso dizer-vos que não dareis por perdidos os 70 minutos que a peça dura.
Bom humor, um trabalho de clown excepcional e boa música - descobri que gosto muito do som do clarinete! - são a garantia de riso do princípio ao fim. E como nós estamos a precisar de rir... oh se estamos!

Sem comentários: