sexta-feira, agosto 22, 2008

bom fim de semana! :)

(Serras de Montesinho e Nogueira)
Há palavras que não dizemos
e que pomos sem dizê-las nas coisas.
E as coisas guardam-nas,
e um dia respondem-nos com elas
e salvam-nos o mundo,
como um amor secreto
em cujos dois extremos
há uma só entrada.
Não haverá uma palavra
dessas que não dizemos
que tenhamos colocado
sem querer no nada?
Roberto Juarroz, Poesia Vertical

4 comentários:

clorinda disse...

Bonita esta poesia...
Grata pela partilha.
Abraço

vaandando disse...

È gosto ler Roberto Juarroz!
De forma inesperada , encontramo-nos no que diz , interrogano-nos sem darmos conta , afinal a poesia é uma interrogação discreta sob a forma de uma afirmação , o que colocamos nas coisas.... palavras...
cordialmente
abraço amigo
JRMarto

Anónimo disse...

Se precisares de viatura a minha ta livre por mais uma semana, podes usa-la. Melhoras rápidas para esses arrepios e espirros.
Bjinhos.
wandolas

Kokas disse...

Fizeste-me pensar numa das noavs músicas da mariza que eu adoro...

"... ai se eu mandasse nas palavras..."

Aquele bj