quarta-feira, junho 04, 2008

continuo por cá



sem tempo para escrever e para visitas demoradas.
Na ausência de mais palavras, as imagens e os sons* de Trás-os-Montes.

*Na barra lateral, onde também há uma hiperligação para os Galandum Galundaina, o grupo que interpreta a canção, em mirandês.

3 comentários:

Anónimo disse...

Mas nós sempre a ganhar ...!!!!
E a caneta é vermelha, ora essa?
Não podia ser de outra cor !! È já tão pouco subversiva !!
Às vezes ouço dizer encarnado para tudo o que é vermelho, apresso-me a perguntar:
_ e o sangue de cor é ?
ou para atraplhar ainda mais : -
_ e o carvão ?
Mas, pronto estou com Trás_os- Montes, nos olhos e isso , basta-me !

Cordialmente

José Ribeiro Marto

deep disse...

José Marto, no momento em que escrevia o comentário, tirava eu do texto a esferográfica vermelha - não fosse o feitiço virar-se contra o feiticeiro! Mas continuo a ter que usá-la pelo menos até ao final do fim-de-semana!

Pois, parece que preferimos os eufemismos...

Já ouviu a música? Talvez ainda não a tivesse postado quando viu as imagens e leu o texto. Pode ser que goste. :)

Anónimo disse...

Viva !
Não pode ser !!!??
Eu gosto!
Toca a ouvir e repetir !
cordialmente
JoSé Ribeiro Marto